Fone: (48) 3223-4647 Email: apoio@apoiocomunicacao.com.br

Instalação Premiada terá prêmios extras na região de Florianópolis

Publicada por em 19/12/2017

Famílias de baixa renda têm novas chances de concorrer a 4 prêmios de R$ 2 mil reais em 10 e 24/01

 

As famílias de baixa renda atendidas pelo Governo Federal que estão recebendo kits gratuitos da Seja Digital, entidade responsável pela migração do sinal de TV no Brasil, podem concorrer a prêmios de R$ 2 mil. Para participar da promoção Instalação Premiada, a família precisa instalar a antena digital e o conversor, equipamentos que compõem o kit. No final do processo de instalação aparece um código na tela da TV, que deve ser cadastrado no site sejadigital.com.br/concorra ou no telefone 147 (ligação gratuita). Informando o código, já estará participando do sorteio.

A promoção já premiou 10 pessoas na região de Florianópolis. Os sorteios extras, que serão realizados em 10 e 24 de janeiro, premiarão outras 4 pessoas com cartões pré-pagos no valor de R$ 2 mil.  O nome dos vencedores será divulgado no site e no Facebook da Seja Digital.

Os sorteios extras serão realizados poucos dias antes do desligamento do sinal analógico de TV na capital catarinense e em outros 6 municípios do entorno, que acontecerá no dia 31 de janeiro. Após essa data, só será possível assistir à programação da TV aberta por meio do sinal digital.

Ainda dá tempo de concorrer. Basta ligar 147 ou acessar sejadigital.com.br/kit para retirar e instalar o seu kit gratuito. Aproveite essa nova chance! 

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.


  Voltar para notícias