Fone: (48) 3223-4647 Email: apoio@apoiocomunicacao.com.br

Seja Digital faz ação para orientar a população sobre o desligamento do sinal analógico de TV no Ticen, em Florianópolis

Publicada por em 07/11/2017

Ação da Seja Digital ajudará a informar a população sobre a mudança do sinal de TV. Sinal analógico será desligado em 5 cidades da região em 31 de janeiro de 2018.

 

A Seja Digital, entidade responsável pelo processo de digitalização do sinal de TV no Brasil, estará presente amanhã, 8 de novembro, no Ticen (Terminal de Integração do Centro), o principal terminal urbano de Florianópolis, das 7h às 11h. Na ação, promotores da Seja Digital estarão à disposição para esclarecer as dúvidas sobre os kits gratuitos, que estão sendo distribuídos para as famílias de baixa renda atendidas pelo Governo Federal, e sobre o desligamento do sinal analógico de TV, que acontecerá na região no dia 31 de janeiro de 2018.

Após essa data, a programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital em Florianópolis, São José, Paulo Lopes, Palhoça e Biguaçu. Para Cheila Zortéa, gerente regional da Seja Digital em Florianópolis, a ação vai ajudar a tornar essa tecnologia acessível a todos, reforçando o compromisso da instituição de não deixar ninguém para trás. “Estamos trabalhando para levar o sinal digital, que oferece qualidade de som e imagem de cinema, a toda a comunidade. É muito importante que todos estejam preparados antes do desligamento do sinal analógico de TV. Nós vemos esse trabalho de inclusão como parte de nossa missão”.

Mais de 45 mil kits gratuitos serão distribuídos nas 5 cidades da região. Para saber se tem direito ao kit gratuito e agendar a retirada dos equipamentos em um dos pontos disponibilizados pela Seja Digital, a população também pode ligar gratuitamente para o número 147 com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos ou acessar o portal sejadigital.com.br/kit.

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

 


  Voltar para notícias